Custom Menu

Latest From Our Blog

Ilikethis | “Queremos transformar a língua portuguesa numa língua de negócios”
19894
post-template-default,single,single-post,postid-19894,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12.1,vc_responsive

“Queremos transformar a língua portuguesa numa língua de negócios”

“Queremos transformar a língua portuguesa numa língua de negócios”

Qual o papel da CPLP no fomento das relações entre Portugal e o Brasil?

A CPLP traduz um entendimento, baseado na amizade e em séculos de história, que consubstancia o fortalecimento das relações bilaterais assentes na multilateralidade da cooperação e na concertação político-diplomática, que nos elevam a outro patamar: temos maior raio de atuação e maior alcance na nossa voz. Os países da CPLP têm tido mais força na arena internacional, como demonstrou o apoio dado à eleição de dois cidadãos brasileiros para a OMC e a FAO. Somos, também, mais fortes no diálogo em domínios onde existem estratégias conjuntas, como a Segurança Alimentar, a Educação, o Ensino Superior ou a Saúde – nesta última área, Portugal e Brasil lideraram a elaboração do plano. Para além de nos fazermos ouvir e de obtermos maior alcance com a CPLP, a organização observa um imenso potencial sinérgico para os Estados-Membros, por estarem inseridos em quatro continentes e em diversificados espaços de cooperação e integração económica. Este facto tem sido aproveitado, por exemplo, por empresas brasileiras e portuguesas, algumas vezes em parceria. De uma maneira geral, a CPLP está nas principais regiões de um mundo multipolar, podendo valorizar as potencialidades existentes nos blocos de integração económica onde os países estão inseridos, definir e concretizar projetos de interesse comum, com cooperação bilateral, trilateral e multilateral. Na CPLP, onde Portugal e Brasil são os maiores contribuintes, fomentam-se e consolidam-se relações pela divulgação da riqueza da nossa diversidade cultural, na expansão da língua portuguesa e na intensificação da concertação
político-diplomática e de uma cooperação multifacetada e pluridisciplinar.

De que forma é que a língua portuguesa tem contribuído para a afirmação de Portugal e do Brasil?

Tenho afirmado que a língua portuguesa tem uma importância determinante, merecendo o empenho e dedicação de todos nós. Esta língua é nossa, como meio de comunicação e de transmissão de conhecimento. Estamos cada vez mais empenhados em transformá-la, também, numa língua de negócios. Estamos cientes que ainda falta a plena introdução da língua portuguesa em determinados contextos nacionais, pelo que se secundarizam, evidentemente, maiores investimentos fora do espaço da CPLP. Porém, já se fala português em muitos locais do mundo, a língua portuguesa conquistou o seu espaço, tem crescente força, porque nós existimos e fortalecemo-nos em comunidade. O Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP), organismo da CPLP, tem desenvolvido atividades em torno dos vocabulários nacionais e comuns e do Portal do Professor. Temos apoiado a Guiné Equatorial, Estado-Membro da CPLP desde 2014, na introdução do português, onde há falta de professores. Temos o portal do Ensino Superior e um repositório científico comum a avançar. A produção e partilha de conhecimento em língua portuguesa, a sua crescente utilização enquanto língua de negócios e de cooperação junta-se a outros fatores que contribuem para a afirmação dos nossos países.

Leia a entrevista na íntegra na compra da 14ª edição da I Like This.

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.