Custom Menu

Latest From Our Blog

I Like This | Picote, Muito mais que uma paisagem sobre o rio Douro
21939
post-template-default,single,single-post,postid-21939,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12.1,vc_responsive

Picote, Muito mais que uma paisagem sobre o rio Douro

Picote, Muito mais que uma paisagem sobre o rio Douro

Picote é uma das 13 freguesias do Concelho de Miranda do Douro e está situado no Parque Natural do Douro Internacional, partilhado com o Parque de los Arribes del Duero. Esta região é uma das maiores áreas europeias em termos da proteção da natureza e Reserva da Biosfera Transfronteiriça Meseta Ibérica. Esta freguesia inserida na rede de aldeias com a marca Aldeias de Portugal tem um vasto património, natural e cultural, com um grande potencial turístico, nomeadamente para aquelas pessoas que procuram o sossego, a paz e a calma.

Picote é um aglomerado milenar, onde se pode disfrutar de uma fantástica vista sobre as escarpas profundas do Douro e conta com um vasto património natural e cultural, com paisagens e casas tradicionais que tem atraído cada vez mais turistas. Apesar da proximidade com Espanha, e da maioria dos turistas serem espanhóis, Picote está a ter um aumento da procura por parte dos portugueses.

O Miradouro de Picote é, sem dúvida e atualmente, a grande atração da aldeia de Picote. O Miradouro da Fraga do Puio, é um dos três geossítios na categoria de canhão do Douro, a nível nacional, com fins lúdicos, didáticos e ambientais, onde se pode observar as arribas do Douro e todo o seu património natural. A requalificação do Miradouro, após o incêndio de 2017, criou uma oportunidade que a Junta de Freguesia soube aproveitar para trazer ainda mais pessoas a visitarem a região, não só portugueses, mas também turistas de outras nacionalidades.

É de destacar a plataforma em vidro, que lhe confere profundidade e transparência, que permite ao utilizador uma visão ainda mais aproximada do rio. O renovado miradouro, foi reconstruído com recursos a materiais como a madeira, o aço e o vidro, o que lhe concede uma arquitetura moderna. Foi, também, colocado mobiliário urbano, nomeadamente um binóculo, uma mesa de interpretação da paisagem, bancos, um espaço de leituras, entre outros, de forma a tornar o espaço mais atrativo para a população e, principalmente para quem visita a freguesia de Picote.

Para além disto, é possível ver, também, o património arqueológico e construído, onde a Barragem de Picote e o Moderno Escondido sobressaem. Classificado como um Conjunto de Interesse Público, desde 2011, resulta do facto de ser uma das obras mais significativas do Movimento Moderno em Portugal. A barragem foi considerada, à época, como um investimento estratégico para o desenvolvimento do país, enquadrando-se no âmbito do I Plano de Fomento Nacional, e da tentativa de
acompanhar o desenvolvimento europeu no pós-guerra.

Leia a reportagem na íntegra na compra da 25ª edição da I Like This.

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.