Custom Menu

Latest From Our Blog

I Like This | Península de Setúbal: uma região entre o Tejo e o Sado
19768
post-template-default,single,single-post,postid-19768,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12.1,vc_responsive

Península de Setúbal: uma região entre o Tejo e o Sado

Península de Setúbal: uma região entre o Tejo e o Sado

A Península de Setúbal é uma sub-região que se caracteriza pela diversidade ambiental e paisagística, pela riqueza económica e populacional. Com nove municípios, agrega mais de 781 mil habitantes e tem a sua história ligada a castelos, conventos, quintas e palácios, património natural e vinhos de excelência.

Alcochete: 

Sede da Reserva Natural do Estuário do Tejo, Alcochete é uma vila com cerca de 17 565 habitantes que se divide em apenas três freguesias. Acredita-se que Alcochete terá fundação árabe por dois motivos: a origem do nome Al Caxete e a localização da Igreja Matriz, que terá sido construída sobre um templo árabe.

Almada:

Na sub-região de Setúbal, Almada é a sexta cidade mais populosa de Portugal, com mais de 164 mil habitantes. O concelho recebeu o foral de D. Sancho I em 1190 e Almada foi elevada à categoria de cidade em 1973. Pensa-se que Almada tem origem árabe, com associação à palavra mina, uma vez que aquando do domínio árabe na Península Ibérica era feita a exploração do jazigo de ouro da Adiça.

Barreiro:

Esta cidade da Península de Setúbal divide-se em quatro freguesias e tem mais de 78 mil habitantes. A origem do Barreiro está associada a uma aldeia ribeirinha, repovoada após a reconquista, sob a égide dos Cavaleiros da Ordem de Santiago da Espada. O Barreiro apresenta uma posição estratégica próxima da cidade de Lisboa e banhada pelo rio Tejo, sendo um importante terminal rodo-ferro-fluvial.

Palmela:

Com mais de 62 mil habitantes, Palmela mantém registos da presença humana desde o Neolítico Superior, nomeadamente através dos testemunhos deixados sob a forma do Vaso de Palmela. Ocupada por celtas, romanos e árabes, em 1147 foi conquistada por D. Afonso Henriques, recebendo o foral em 1185. A posição estratégica entre o Sado e o Tejo potenciou o seu desenvolvimento.

Seixal:

Dividido em seis freguesias, o concelho do Seixal tem cerca de 184 mil habitantes e é um dos oito concelhos mais populosos de Portugal. Apesar de pouco se saber sobre o início da história do Seixal, muito provavelmente terá tido origem num pequeno núcleo de pescadores e o seu nome poderá estar associado à grande quantidade de seixos existentes nas praias ribeirinhas

Setúbal:

Capital do distrito com o mesmo nome, Setúbal tem cerca de 121 mil habitantes e subdivide- se em cinco freguesias. Tendo nascido do rio e do mar, Setúbal tem registos de ocupação humana desde a pré-história, sendo que foram recolhidos vestígios do Neolítico. A região foi visitada por fenícios, gregos, cartagineses e romanos que procuravam sal e estanho.

Moita:

O concelho da Moita localiza-se na margem esquerda do Estuário do Tejo e possui uma frente ribeirinha superior a 20 quilómetros. Com cerca de 66 mil habitantes, a Moita é favorecida pela localização ribeirinha e pela riqueza de património fluvio-marítimo, nomeadamente o Estaleiro Naval do Gaio, o Estaleiro Naval de Sarilhos Pequenos e o Cais da Moita.

Montijo:

O Montijo tem a sua história intimamente ligada ao rio Tejo, uma vez que grande parte da sua área geográfica é delimitada pelo mesmo. No Montijo existem vestígios arqueológicos datados do Paleolítico e até 1930 a cidade chamava-se Aldeia Galega do Ribatejo. Em 1985 a vila de Montijo foi elevada à categoria de cidade.

Sesimbra:

Virada para o Oceano Atlântico e enriquecida pela foz do rio Sado, pela serra da Arrábida, pelo cabo Espichel, pela lagoa de Albufeira e pela praia do Meco, Sesimbra é um concelho forte em termos de paisagem natural. Desde o período Calcolítico que existem vestígios de presença humana em Sesimbra e em 1201 D. Sancho I atribui-lhe o foral.

Saiba mais sobre esta região na compra da edição nº13 da I Like This

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.