Custom Menu

Latest From Our Blog

I Like This | Pela história da defesa de Portugal nos Castelos da Raia
21372
post-template-default,single,single-post,postid-21372,single-format-gallery,ajax_fade,page_not_loaded,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12.1,vc_responsive

Pela história da defesa de Portugal nos Castelos da Raia

Pela história da defesa de Portugal nos Castelos da Raia

Durante séculos as suas imponentes muralhas defenderam as fronteiras portuguesas dos ataques inimigos e guardaram as histórias dos seus senhores, do povo local, das tradições. Hoje preservam viva a memória da região e marcam a paisagem com a sua arquitetura. Os 15 castelos localizados na fronteira raiana do centro do país são locais de passagem obrigatória para quem quer descobrir pedaços da História de Portugal.

Naquele que é o Estado mais antigo da Europa, é também possível encontrar a fronteira mais antiga do Velho Continente. Foi no reinado de D. Dinis, em 1297, que a assinatura do Tratado de Alcanizes, entre Portugal, Leão e Castela definiu as fronteiras portuguesas. D. Dinis abandonava as suas pretensões em conquistar territórios aos reinos vizinhos e, em contrapartida, as terras de Riba Côa ficavam na posse da coroa portuguesa. Assim os castelos de fronteira tornaram-se o símbolo da independência nacional. Os castelos de Alfaiates, Almeida, Belmonte, Castelo Bom, Castelo Mendo, Castelo Rodrigo, Guarda, Idanha-a-Velha, Monsanto, Penamacor, Penha Garcia, Pinhel, Sabugal, Sortelha e Vilar Maior são atualmente um ponto de atração turística.

No concelho do Sabugal, distrito da Guarda, são quatro os castelos de fronteira que pode visitar: Castelo de Alfaiates, Castelo de Sabugal, Castelo de Sortelha e Castelo de Vilar Maior. De forma a promover este património histórico, a Câmara Municipal criou a Rota dos 5 Castelos de Sabugal, onde incluíram também as ruínas do Castelo de Vila do Touro. A 50 quilómetros de Sabugal, o concelho de Almeida reúne no seu território três castelos – Castelo Bom, Castelo Mendo e Castelo de Almeida – com elevado nível de preservação. Na vila portuguesa de Figueira de Castelo Rodrigo, a freguesia com o mesmo nome mantém a característica traça medieval, estando rodeada por imponentes muralhas. A área territorial do concelho de Idanha-a-Nova reúne três Castelos da Raia – Idanha-a-Velha, Monsanto e Penha Garcia. Para terminar este roteiro pelos castelos raianos do centro de Portugal, não pode deixar de visitar o Castelo de Belmonte, um castelo medieval com construção no século XIII, o Castelo de Pinhel, que se ergue em posição dominante na Serra da Marofa, o Castelo da Guarda, cuja construção remonta ao século XII, e o Castelo de Penamacor, um castelo templário de estilo românico.

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.