Custom Menu

Latest From Our Blog

I Like This | Património Cultural da UNESCO na Áustria
21086
post-template-default,single,single-post,postid-21086,single-format-gallery,ajax_fade,page_not_loaded,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12.1,vc_responsive

Património Cultural da UNESCO na Áustria

Património Cultural da UNESCO na Áustria

Até ao momento a Áustria totaliza 10 sítios distinguidos pela UNESCO como Património da Humanidade, sendo que três destes locais são partilhados com países vizinhos. Com uma forte riqueza histórica, são sete os sítios de índole cultural exclusivamente em território austríaco considerados pelo organismo europeu como Património da Humanidade que deve ser preservado.

Foto 1  – Centro Histórico da Cidade de Graz
Graz é a segunda maior cidade austríaca, com uma forte tradição universitária, sendo que as suas seis universidades têm mais de 44 mil alunos. A cidade antiga de Graz é um dos centros cívicos bem preservados da Europa central, considerado Património da Humanidade desde 1999. A distinção surgiu devido à harmoniosa coexistência de edifícios típicos de várias épocas e com diferentes estilos, uma vez que Graz absorveu influências das regiões ao seu redor. O centro histórico tem cerca de mil edifícios desde o período gótico até à atualidade. O símbolo de Graz é a torre do relógio Uhrturm.

Foto 2  – Paisagem Cultural de Hallstatt-Dachstein, Salzkammergut
Nesta paisagem cultural a atividade humana remonta à pré-história, com os depósitos de sal a serem explorados desde o segundo milénio a.C. Este recurso foi a base da prosperidade da zona até meados do século XX. Deste modo, os locais classificados como Património Cultural da Humanidade desde 1997 incluem a aldeia de Hallstat, que tem 946 habitantes, a montanha Hoher Dachstein, com 2995 metros de altitude, e a envolvente. A região tem várias montanhas e cavernas, sendo que a mais longa tem 81 quilómetros de comprimento.

Foto 3 – Paisagem Cultural de Wachau
O Wachau é um longo vale com 40 quilómetros ao longo do rio Danúbio, entre as cidades de Melk e Krems. Distinguido como Património da Humanidade em dezembro de 2000, este vale é uma das zonas mais visitadas da Áustria, sendo uma região de excelência para o cultivo de uvas e damascos. As principais atrações da Paisagem Cultural de Wachau são a Abadia de Melk, que abrange o mosteiro, as escolas, os espaços culturais, a igreja e a biblioteca, e o centro histórico de Krems, com uma população de 24 mil habitantes.

Foto 4 – Centro Histórico de Viena
Considerado Património da Humanidade desde 2001, o Centro Histórico de Viena tem um importante papel como centro de música europeu e é rico em conjuntos arquitetónicos, incluindo castelos e jardins barrocos. A cidade de Viena desenvolveu-se desde os primeiros assentamentos celtas e romanos até uma cidade medieval e barroca, a capital do império austro-húngaro. Esta é uma cidade que atrai cerca de 12 milhões de turistas por ano. Desde 6 de julho de 2017 este sítio está na lista de Património Mundial em perigo.

Foto 5 – Palácio e Jardins de Schönbrunn
Localizado na capital austríaca, este é um dos monumentos culturais mais visitados da Áustria. Conhecido como Palácio de Versalhes de Viena, foi residência dos imperadores Habsburg do século XVIII até 1918, tendo sido projetado pelos arquitetos Johann Bernhard Fischer von Erlach e Nicolaus Pacassi. Uma das principais atrações do Palácio e dos Jardins, que são Património da Humanidade desde 1996, é o Tiergarten Schönbrunn, o mais antigo jardim zoológico do mundo, com 16 hectares, fundado em 1752.

Foto 6 – Via Férrea de Semmering
A Via Férrea de Semmering, considerada Património da Humanidade em 1998, corresponde a um trilho da ferrovia da Áustria que começa em Gloggnitz, sobre Semmering, até Mürzzuschlag. Construída entre 1878 e 1854, esta via férrea cobre 41 quilómetros de montanhas altas e corresponde à primeira via férrea de montanha da Europa construída com uma bitola padrão. Estima-se que mais de 20 mil pessoas tenham trabalho na sua construção. Os túneis e viadutos deste percurso ainda hoje estão plenamente funcionais.

Foto 7 – Centro Histórico da Cidade de Salzburgo
Cidade-natal do músico Mozart, Salzburgo tem conseguido preservar um tecido urbano rico, desenvolvido durante o período da Idade Média ao século XIX. Distinguido como Património da Humanidade em 1996, no centro histórico da cidade de Salzburgo a arte gótica atraiu muitos artesãos e artistas antes de a cidade se tornar conhecida pelo trabalho dos arquitetos italianos Scamozzi e Solari. A sua arquitetura barroca é mundialmente famosa, com destaque para a catedral, edifício barroco do século XVII.

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.