Custom Menu

Latest From Our Blog

Ilikethis | O luxuoso mundo dos cristais Swarovski
21127
post-template-default,single,single-post,postid-21127,single-format-gallery,ajax_fade,page_not_loaded,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12.1,vc_responsive

O luxuoso mundo dos cristais Swarovski

O luxuoso mundo dos cristais Swarovski

Os cristais Swarovski são mundialmente conhecidos e na cidade de Wattens, que viu nascer a marca austríaca, têm um museu único construído em 1995 para celebrar o centenário da Swarovski. Nesta verdadeira casa dos apaixonados por cristais, que já foi visitada por mais de 13 milhões de pessoas, podem ver-se diferentes utilizações deste elemento e belas paisagens.

Em 1995 o artista austríaco André Heller foi convidado para desenhar um museu que comemorasse os 100 anos da Swarovski. Com base na ideia do criador da marca – Daniel Swarovski – de ver os cristais não apenas como um material, mas como uma inspiração, o Swarovski Kristallwelten abriu portas há 22 anos em Wattens, cidade do distrito de Innsbruck-Land, no estado federado de Tirol.

Depois de o espaço ter sido aumentado em 2015, o museu tem atualmente mais de 7,5 hectares e já recebeu cerca de 13 milhões de visitantes. O exterior é dominado pela Cabeça do Gigante, visível à distância, que recebe os turistas e que vigia o interior do museu. Em redor do Gigante há um jardim que se enquadra perfeitamente na paisagem alpina do Tirol, com instalações artísticas de Bruno Gironcoli, Thomas Bayrle, Martin Gostner e Alois Schild. Um dos destaques deste jardim é a Nuvem de Cristal, instalada em 2015 para celebrar os 120 anos da marca e desenhada
pelo duo CAO PERROT. Este objeto consiste em mais de 800 mil cristais colocados por cima de um lago que permitem diferentes perspetivas, consoante a meteorologia, a hora do dia e a estação do ano. No exterior do Swarovski Kristallwelten existe ainda uma escavação romana, cujos restos de paredes dos edifícios do século III d.C. foram descobertos durante o trabalho de reconstrução. Esta descoberta incluiu um tesouro de 702 moedas romanas de prata com significativo valor histórico. O interior deste museu é composto por várias Salas Extraordinárias, que se baseiam na Sala Extraordinária do Castelo de Ambras, um palácio em Innsbruck do século XVI. Nestas salas contam-se histórias com diferentes cristais Swarovski da autoria de artistas como Jim Whiting, Arik Levy, Brian
Eno, Lee Bul, Tord Boontje e Studio Job.

Numa mistura de arte, cultura, diversão e compras, o Swarovski Kristallwelten é mais do que um museu, incluindo ainda uma loja com joias e acessórios e o Daniels Kristallwelten.Café & Restaurant, que serve gastronomia típica austríaca e culinária internacional. A entrada para adultos neste museu tem o custo de 19 euros e todos os dias há um autocarro direto de Innsbruck até ao local.

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.