Custom Menu

Latest From Our Blog

Ilikethis | O castelo que tem Salzburgo a seus pés
21106
post-template-default,single,single-post,postid-21106,single-format-gallery,ajax_fade,page_not_loaded,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12.1,vc_responsive

O castelo que tem Salzburgo a seus pés

O castelo que tem Salzburgo a seus pés

Não passa despercebida a quem visita Salzburgo pela sua imponência e tamanho e pode ser facilmente avistada a partir de qualquer ponto da cidade. A fortaleza de Hohensalzburg é um dos maiores castelos medievais da Europa e, com mais de 900 anos, reflete a história religiosa e monárquica da Áustria. Recebe cerca de um milhão de turistas por ano.

É fácil de perceber porque é que a fortaleza de Hohensalzburg é o maior ícone arquitetónico da cidade de Salzburgo: são 250 metros de comprimento e 150 metros de largura no topo do monte Festungsberg, a 506 metros de altitude, a olhar a cidade com 146 mil habitantes. Este monumento com mais de 900 anos é um dos maiores castelos medievais da Europa e é o segundo destino turístico mais visitado na Áustria, recebendo cerca de um milhão de turistas por ano.

A fortaleza começou a ser construída em 1077 pelo príncipe-arcebispo Gebhard I. von Helfenstein, durante a investidura entre o imperador alemão Henrique IV e o Papa Gregório sobre o direito de nomear bispos. Como o arcebispo foi leal ao papa, foi forçado a pedir exílio em 1085 e deixou a obra da fortaleza inacabada. Anos mais tarde, entre os séculos XV e XVI, Hohensalzburg foi refúgio de arcebispos. Ao longo da sua história a fortaleza nunca foi ocupada por qualquer invasor e acabou por ir crescendo ao longo do tempo, sendo que a maior expansão aconteceu no final do século XV com Leonhard von Keutschach, príncipe-arcebispo de Salzburgo entre 1495 e 1519. Era a partir de Hohensalzburg que os arcebispos e, mais tarde os príncipes eleitores, comandavam a cobrança do pedágio sobre os barcos que passavam pelo rio Salzach. A fortaleza deixou de ter funções militares em 1857 e passou a estar aberta ao público desde 1892.

O interior da fortaleza, ricamente decorado com entalhos góticos e pinturas ornamentais, é um verdadeiro museu vivo que remete para tempos antigos, sendo possível visitar várias torres, ver os aposentos e apreciar uma fantástica vista sobre a cidade, nomeadamente a partir da mais alta torre, a Torre da Justiça. O quarto mais significativo deste castelo é o Salão Dourado, com as suas colunas em mármore, onde se realizam alguns concertos de tributo a Mozart, natural da cidade. Pode ainda visitar-se a Câmara de Torturas e a Masmorra. Nas imediações existe também o Museu das Guerras de Salzburgo e um popular Museu de Marionetas, que relembra personagens históricas, óperas famosas e filmes. É possível chegar à fortaleza de Hohensalzburg a pé ou através de um funicular.

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.