Custom Menu

Latest From Our Blog

I Like This | INFRALOBO: Qualidade de vida, conforto e segurança numa única empresa
22285
post-template-default,single,single-post,postid-22285,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12.1,vc_responsive

INFRALOBO: Qualidade de vida, conforto e segurança numa única empresa

INFRALOBO: Qualidade de vida, conforto e segurança numa única empresa

A Infralobo nasceu em 1999 com o intuito de prestar um serviço de qualidade ao resort de luxo, situado em Vale do Lobo. Esta é a primeira empresa no setor do ambiente e apenas a terceira em Portugal a receber a certificação da norma 4552:2016 que visa a conciliação entre a vida profissional, familiar e pessoal. A certificação foi atribuída pela SGS, líder mundial em inspeção, verificação, teses e certificação que passou a poder certificar as empresas nacionais pela norma 4552:2016 em julho de 2019, tendo a Infralobo sido a primeira empresa certificada por esta norma pela SGS.

A empresa Infralobo surge da vontade da Câmara Municipal de Loulé e de Vale do Lobo RTL S.A., com o objetivo de aproximar os serviços ao cliente, promovendo uma rapidez de resposta e atuação. Desta forma, satisfazer, dentro de um quadro de sustentabilidade económica, financeira, social e ambiental, as necessidades de recolha de águas residuais e de resíduos urbanos, bem como assegurar espaços verdes de qualidade, é a missão principal da Infralobo.

No âmbito da estratégia do Município de Loulé, de valorização do fator humano na prestação dos serviços pelo Setor Empresarial Local do Concelho, a Infralobo foi a primeira empresa a nível nacional, no setor do ambiente, a ser certificada com esta norma. Assim, com esta distinção, a Infralobo conseguiu cumprir os requisitos necessários na implementação de um sistema de gestão dos recursos humanos baseados em princípios e valores que visam o bem-estar, qualidade de vida e satisfação por parte dos colaboradores.

Leia a reportagem na íntegra na compra da 26ª edição da I Like This.

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.