Custom Menu

Latest From Our Blog

I Like This | Dinamarca, um país feliz
21572
post-template-default,single,single-post,postid-21572,single-format-gallery,ajax_fade,page_not_loaded,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12.1,vc_responsive

Dinamarca, um país feliz

Dinamarca, um país feliz

Ana Maria Barreto, autora do blog The Travellight World, descobriu numa visita à Dinamarca o porquê de este ser considerado,  por tantas vezes, um dos países mais felizes do mundo. Da gastronomia, com destaque para o pão de centeio e a cerveja, à arquitetura, sem esquecer a beleza das paisagens, Ana Maria encantou-se com este país escandinavo.

Quando visitei a Dinamarca pela primeira vez queria muito descobrir porque razão este pequeno país escandinavo é tantas vezes considerado uma das nações mais felizes do mundo e em pouco tempo comecei a perceber porquê. A atmosfera do país é muito tranquila e mesmo nas grandes cidades, como Copenhaga, não parece haver grande stress.

Alguns conceitos aplicados no dia-a-dia dos dinamarqueses parecem contribuir para a manutenção desse ambiente de harmonia e estabilidade social. É o caso, por exemplo, da Lei de Jante, ou Janteloven, que afirma basicamente: “ninguém é melhor ou mais importante do que ninguém”, ou o hygee – palavra que tanto pode ser usada para descrever o estado de espírito de alguém feliz ou uma sensação de aconchego e alegria.

A alimentação parece ser outro fator determinante na felicidade deste povo. A cozinha dinamarquesa é diversa, mas muito focada em alimentos saudáveis e orgânicos. Uma das coisas que mais apreciei na Dinamarca foi o pão de centeio. É um pão carregado de sementes e cheio de sabor! E depois há a cerveja! É impossível não mencionar esta bebida quando se fala da Dinamarca. A Carlsberg todos conhecemos, mas para além deste gigante internacional há muitas micro cervejarias que produzem cervejas artesanais de excelente qualidade.

Uma agenda cultural intensa, paisagens bonitas e uma vida noturna vibrante completam a receita que conquista qualquer visitante.

Palácios renascentistas, castelos barrocos e edifícios modernos criam a elegante e variada fachada arquitetónica da Dinamarca. Cada canto parece contar uma história que nos transporta a diferentes épocas e períodos pelos quais o país passou. Gostei muito de visitar o Palácio de Frederiksborg e o Castelo de Kronborg, também conhecido como Castelo de Hamlet por ter servido de inspiração a Shakespeare para a sua famosa peça de teatro.

Quem gosta de andar de bicicleta sente-se bem aqui. O país tem uma ótima infraestrutura para este fim, com longas e bem mantidas ciclovias. É fácil alugar uma bicicleta e explorar os melhores pontos turísticos.

A paisagem dinamarquesa surpreendeu-me pela sua beleza, principalmente a região do norte da Jutlândia, onde os mares de Skagerrak e Kattegat se encontram e criam um fenómeno natural único.

A Dinamarca é um país que acaba por contagiar- nos com a sua felicidade. É um destino que reúne as condições para agradar tanto o turista típico como o viajante mais experiente e exigente. Vale mesmo a pena visitar!

Ana Maria Barreto
https://thetravellightworld.blogs.sapo.pt

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.