Custom Menu

Latest From Our Blog

I Like This | DARK SKY® ALQUEVA, Um paraíso para observar estrelas
22212
post-template-default,single,single-post,postid-22212,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12.1,vc_responsive

DARK SKY® ALQUEVA, Um paraíso para observar estrelas

DARK SKY® ALQUEVA, Um paraíso para observar estrelas

A região do Alqueva foi o primeiro destino do mundo a ser certificado pela Starlight Foundation como “Starlight Tourism Destination” e o primeiro do mundo transfronteiriço, reunindo excelentes condições de transparência, escuridão e estabilidade atmosférica, o que torna possível desfrutar das estrelas durante a maior parte do ano. Esta certificação trouxe uma grande notoriedade internacional, e consequentemente o projeto Dark Sky® Alqueva começou a ser mais reconhecido, provando que astroturismo podia ser uma forma de relaxar e aprender mais sobre o céu.

Toda a ideia do Dark Sky® começou em 2007. Foi um processo complexo, uma vez que nada tinha sido feito no âmbito desta matéria em Portugal, “o que significa começar do zero, numa altura em que a ciência também não via com bons olhos o astroturismo e o turismo não reconhecia o astroturismo como produto”, comenta Apolónia Rodrigues, fundadora e coordenada do Dark Sky® Alqueva.

Descobrindo que a Fundação Starlight – apoiada pela UNESCO, UNWTO e IAC – tinha uma certificação que poderia atribuir a um território, ou seja, lugares onde a poluição luminosa é baixa, e onde os visitantes podem desfrutar de oportunidades para ver o céu escuro, em 2010 começaram os trabalhos para conseguir obter essa certificação. A exigência científica ao nível dos critérios técnicos “implicava um trabalho estruturado e complexo”, mas com o apoio dos astrónomos amadores Guilherme de Almeida e Vítor Quinta, e do astrofísico Raul Lima foram realizadas as medições técnicas que se juntaram à análise de noites limpas e à criação da Rota Dark Sky® Alqueva, e assim em 2011 o Dark Sky® alcançou a certificação como “Starlight Tourism Destination”. Atualmente, a certificação cobre uma área de cerca de 10 mil quilómetros quadrados em volta do grande Lago Alqueva, incluindo não só concelhos portugueses, mas também espanhóis, daí ser o primeiro destino transfronteiriço a receber este reconhecimento.

Leia a reportagem na íntegra na compra da 26ª edição da I Like This.

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.