Custom Menu

Latest From Our Blog

I Like This | Combinar natureza e saúde nas maiores cascatas austríacas
21148
post-template-default,single,single-post,postid-21148,single-format-gallery,ajax_fade,page_not_loaded,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12.1,vc_responsive

Combinar natureza e saúde nas maiores cascatas austríacas

Combinar natureza e saúde nas maiores cascatas austríacas

A palavra Krimml é-lhe familiar? Na Áustria, esta palavra é sinónimo de grandeza, uma vez que estas são as maiores cascatas austríacas, que impressionam quem as visita, mas que são também uma combinação de beleza natural e saúde. Estas cascatas têm uma altura total de 380 metros e estão no top dos locais mais visitados da Áustria.

As cascatas mais altas da Áustria têm 380 metros de altura total e localizam-se no rio Krimmler Ache, perto da aldeia de Krimml, no Parque Nacional High Tauern, em Salzburgo, estabelecido em 1971.

Numa combinação entre a água refrescante glaciar e a paisagem de montanha deste parque nacional, as cascatas Krimml são formadas por camadas de três estágios. O primeiro tem uma queda de 140 metros, o do meio tem 100 metros e o inferior tem uma queda de 140 metros, totalizando 380 metros de queda de água. O ponto mais alto da cascata fica 1470 metros acima do nível do mar. O rio onde se localizam as cascatas – Krimmler Ache – é fundamentalmente glacial, sendo que o fluxo varia consoante a estação do ano. Em média, o fluxo ronda os 5,3 metros cúbicos por segundo. Após as quedas, o Krimmler Ache junta-se ao Salzach, que flui até ao rio Inn e, posteriormente, para o Danúbio, que acabará por chegar ao Mar Negro.

Ignaz von Kürsinger é o responsável por ter potenciado o turismo na zona das cascatas, uma vez que, para garantir que os turistas podiam ver a sua beleza, criou um caminho para a parte superior da queda. Em 1879, o Clube Alpino Austríaco melhorou este percurso, permitindo a existência de uma vista panorâmica. Este caminho, que continua em
constante renovação e tem atualmente cerca de quatro quilómetros, tem plataformas de observação que permitem vistas espetaculares para as cascatas. As cascatas são atualmente um dos dez locais mais visitados da Áustria, recebendo cerca de 400 mil turistas por ano.

Além da vertente natural e paisagística, as cascatas Krimml são reconhecidas pelas suas potencialidades e benefícios para a saúde. A energia das cascatas e o vapor por elas emitido é benéfico para o sistema imunitário e para pessoas que têm problemas relacionados com alergias. Os efeitos das cascatas devem-se à elevada concentração de iões negativos no ar circulante e, desta forma, surgem com a proximidade destas. O governo provincial de Salzburgo reconheceu os efeitos terapêuticos das cascatas Krimml, de acordo com estudos clínicos realizados pela universidade médica local.

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.