Custom Menu

Latest From Our Blog

I Like This | Buenos Aires, a cidade de todas as paixões
21333
post-template-default,single,single-post,postid-21333,single-format-gallery,ajax_fade,page_not_loaded,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12.1,vc_responsive

Buenos Aires, a cidade de todas as paixões

Buenos Aires, a cidade de todas as paixões

Buenos Aires é um dos destinos turísticos de eleição na América do Sul e uma das maiores cidades em todo o mundo. Só em 2017 estima-se que, logo nos primeiros dez meses, mais de um milhão e meio de estrangeiros tenham visitado a capital argentina. Conhecida pela grandiosidade da sua herança europeia e a paixão inconfundível do sangue latino das suas gentes, combina o tradicional com o moderno, apresentando um conjunto imenso de atrações para os habitantes e turistas. Há atividades e pontos de interesse para diferentes gostos, desde o indivíduo mais refinado ao mais simples.

Entre a arquitetura de estilo imponente e europeu, constam também os bairros típicos repletos de cores. Um dos conjuntos mais famosos é o de La Boca, aqui é possível emanar a essência de dois dos ex-libris de Buenos Aires: o tango e o futebol. Por um lado, esta é a casa do Boca Juniores. Envolto pelo azul e amarelo do estádio, este é um palco de fervor, gritos e cânticos de milhares de aficionados. Pelo outro, o La Boca é também sinónimo daquele que é um dos maiores contributos argentinos para a cultura mundial, ou seja, a sensualidade apaixonante do tango. Caminito é o nome de uma célebre canção de um artista local e uma verdadeira ode a esta dança, sendo frequente a realização de espetáculos.

Apaixonados pela vida, os habitantes de Buenos Aires – argentinos e estrangeiros – costumam aproveitar os dias de sol para encher as ruas de conversa e alegria. Mas é durante a noite que a capital ganha ainda mais vivacidade, com milhares de restaurantes, pubs e discotecas espalhados pela cidade. Palermo e Puerto Madero, por exemplo, são alguns dos locais onde mais se concentra o culto do ócio. O fruir dos prazeres noturnos é uma constante, mas Buenos Aires é igualmente interessante durante o dia.

Existem outros sítios que também são de paragem obrigatória: a Casa Rosada – símbolo do governo argentino (em tempos albergou representantes dos reis de Espanha, mas desde a independência no século XIX representa a emancipação do país); o Roseiral de Palermo – situado no coração do Parque Tres de Febrero – é um local embelezado pela beleza e fragrâncias de mais de 18 mil rosas; o Teatro Colón (referência internacional no que respeita aos espaços líricos); no bairro Recoleta está um autêntico museu de arte, que data de 1800, o cemitério que partilha o mesmo nome (aí se encontram algumas das figuras mais importantes e influentes da história argentina). Buenos Aires é assim: um misto de paixões e experiências.

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.