Custom Menu

Latest From Our Blog

I Like This | Árvore do Sabão: a saboaria natural do Algarve
21618
post-template-default,single,single-post,postid-21618,single-format-gallery,ajax_fade,page_not_loaded,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12.1,vc_responsive

Árvore do Sabão: a saboaria natural do Algarve

Árvore do Sabão: a saboaria natural do Algarve

Clara define-se como “mentora” da Árvore do Sabão e “autodidata”. Apostou numa paixão que surgiu no Canadá e fez dela uma profissão. A empreendedora de 42 anos tem formação em hotelaria desde 1995 e antes de investir na área dos sabonetes teve um negócio familiar que encerrou em 2011. Clara não tinha ligação à produção de sabonetes, mas explica que viveu “alguns anos no Canadá, um país onde existem muitos produtores artesanais de sabão”. Quando regressou a Portugal, trouxe esse “bichinho” no avião. Ao adicionar o “fascínio de produzir algo natural e rústico” o resultado foi a Árvore de Sabão.

A viver em Olhão, Clara começou a pesquisar e a experimentar criar produtos naturais para higiene pessoal. Perante a opinião positiva de amigos e familiares, nasceu um negócio em março de 2012. A Árvore de Sabão aposta na “defesa dos métodos artesanais que nascem dos ingredientes que a natureza oferece, como as flores, as frutas e as ervas do Algarve, como o tomilho, a salva, o louro, a esteva, a malva e a laranja, e claro, o azeite”, explica Clara. O objetivo da marca passa por criar sabonetes com benefícios para a saúde, um produto natural com espuma biodegradável, sem conservantes nem antioxidantes sintéticos. A colaborar com a Árvore de Sabão estão os produtores locais.

Cada sabonete é fabricado através de um processo a frio, onde o sabão resulta da saponificação, ou seja, a junção de um ácido gordo (azeite ou outros óleos), a uma base (hidróxido de sódio) e a água. O resultado é o sabão que, depois de curado, contém quimicamente uma molécula de glicerina e três moléculas de sabão, portanto zero partes de hidróxido de sódio, que, entretanto, foi neutralizado no processo.

Num projeto que começou apenas com sabonetes, a gama da Árvore de Sabão é já vasta, incluindo bálsamos curativos e hidratantes, cremes faciais e corporais, repelentes, óleos corporais, velas de massagem, aftershave, sabão para barbear e outos. Além das ervas e frutas, a marca usa um leque de ingredientes terapêuticos como os leites de cabra, burra, aveia e arroz, ou argilas, medronho, mel e figo. Mantendo os ideais de respeito pelo planeta e de defesa da produção artesanal e dos ingredientes naturais, a Árvore de Sabão tem os seus produtos em alguns pontos de venda no Algarve e promete para breve o lançamento de um site de compra online.

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.