Custom Menu

Latest From Our Blog

I Like This | A essência de África em pijamas e quimonos
21412
post-template-default,single,single-post,postid-21412,single-format-gallery,ajax_fade,page_not_loaded,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12.1,vc_responsive

A essência de África em pijamas e quimonos

A essência de África em pijamas e quimonos

Kleed representa um nome, uma marca e um conceito que Carolina Guedes Cruz criou para conciliar a sua paixão pela vida selvagem africana com a sua vontade de partilhar a beleza, as cores e a harmonia. A marca, cujo nome significa roupão em afrikaans [nr. Língua falada na África do Sul e na Namíbia) e foi criada em 2016, representa a fusão de dois mundos: a moda e a vida selvagem.

“Perseguir e transpor essa paixão desbloqueia um mundo ilimitado de criatividade, alimentado pelas minhas experiências pessoais e as inspirações que adquiri quando trabalhava em projetos de conservação da vida selvagem africana”, explica Carolina no site oficial da marca.

Para Carolina a inspiração está em cada animal selvagem, nas suas cores e padrões, dando origem a um estilo eclético, cujos tecidos feitos à medida garantem conforto e elegância. Todos os produtos da Kleed têm o nome de países ou animais africanos e, ainda que a inspiração seja neste continente, as peças são produzidas em Portugal.

É através das suas coleções que a Kleed pretende fazer a diferença e aumentar a consciencialização sobre a natureza delicada das maravilhas africanas e o risco associado ao seu desaparecimento. Refletindo a essência de África através dos temas, cores ou materiais, cada uma das coleções pretende contribuir para a conservação da vida selvagem e para a sustentabilidade do planeta. Desta forma, a Kleed, em estreita colaboração com a NkombeRhino, uma ONG ativa na África do Sul, dedicam-se a combater a caça furtiva endémica de toda a vida selvagem, mas mais especificamente o rinoceronte-branco, uma espécie quase extinta em África. O apoio da marca portuguesa passa pelo aumento da consciencialização para os projetos de conservação do rinocente e também pelo contributo com cinco por cento do volume de negócios da Kleed para a NkombeRhino. Este suporte monetário é usado para “financiar equipas no terreno com equipamentos e suporte médico e ajudando a cobrir as despesas de alimentação e custos de transporte”, explica a Kleed.

Os quimonos e os pijamas da Kleed podem ser adquiridos em lojas em Lisboa, Estoril, Comporta, Alentejo e Algarve. A marca já chegou também à República Checa.

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.