Custom Menu

Latest From Our Blog

Ilikethis | A Casa Azul de Frida Kahlo
20557
post-template-default,single,single-post,postid-20557,single-format-gallery,ajax_fade,page_not_loaded,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12.1,vc_responsive

A Casa Azul de Frida Kahlo

A Casa Azul de Frida Kahlo

No bairro de Colonia del Carmen, em Coyoacán, na capital do México, uma casa azul chama a atenção de quem passa e não deixa indiferente quem visita a cidade. As paredes em azul-cobalto da casa-museu de Frida Kahlo escondem os segredos da vida pessoal e do trabalho da artista mexicana surrealista nascida em Coyoacán a 6 de julho de 1907.

A Casa Azul corresponde ao edifício onde nasceu Frida Kahlo, mas também onde cresceu, viveu com o marido Diego Rivera, com quem casou duas vezes, e eventualmente morreu, num dos quartos do piso superior, a 13 de julho de 1954. A casa, datada de 1904, foi construída em frente a um pátio com jardim e tem uma área de 800 metros quadrados. O interior tem dois pisos, com vários quartos, uma grande cozinha, sala de jantar e um estúdio. A zona exterior tem uma placa emblemática onde se pode ler: “Frida e Diego viveram nesta casa 1929-1954”.

O acervo do museu integra a coleção de arte de Frida Kahlo, Diego Rivera e outros artistas, bem como a coleção do casal de arte mexicana folclórica, artefactos pré-hispânicos, fotografias, mobiliário e itens pessoais. As primeiras salas são dedicadas às pinturas de Frida, com pequenos trabalhos como “Frida y la cesárea” (1907-1954), “Retrato de família” (1934), “Ruina 1947”, “Retrato de Carmen Portes Gil” (1921) e “Mujer com cuerpo de guitarra” (1916), mas também aos seus itens pessoais, cartas e fotografias. Ao longo dos quartos vai-se conhecendo mais sobre a vida de Frida, que em criança contraiu poliomielite e aos 18 anos sofreu um acidente de autocarro que a deixou com a coluna partida em três lugares e 11 fraturas na perna direita. Numa outra área da casa é também possível conhecer algumas obras de Diego Rivera.

Com a decoração semelhante ao que era nos anos 50, um dos locais mais populares é a cozinha, onde é visível a herança pré-hispânica, tanto na decoração como na elaboração dos pratos. O estúdio onde Frida e Diego criaram muitas das suas obras é também uma sala emblemática, assim como o quarto da artista.

Criado em 1958, o Museu Frida Kahlo tem ainda um café e uma loja de recordações e atualmente é um dos museus mais procurados da cidade do México, recebendo cerca de 25 mil visitantes por mês.

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.